sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Passos do Senhor

Os Passos processionais de Borba são monumentos com uma importância artística e cultural a nível nacional. Do ponto de vista artístico, demarcam-se por serem os maiores do país pois foram os últimos de um conjunto a serem construídos no Alentejo.
A tradição de construir Passos processionais com perfil monumental iniciou-se em Évora em 1719. Seguiram-se os de Vila Viçosa e Estremoz. Os de Borba foram construídos em 1755 provavelmente pela Venerável Ordem Terceira, se bem que o Passo do Alto da Praça recebeu uma doação do capitão de cavalos António Duarte Franco que aí mandou rezar missas diárias dirigidas aos presos que estavam na Torre da Prisão.
O arquitecto responsável pelos quatro passos terá sido José Francisco de Abreu, importante figura do barroco alentejano que deixou muita obra em Vila Viçosa, Campo Maior, Elvas e Estremoz.
A nível cultural os passos processionais demarcam-se pelo papel que ainda hoje ocupam na religiosidade popular borbense.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial